Economia Circular: O que é e como funciona? Explicação completa

Economia Circular é um conceito econômico baseado na sustentabilidade representa uma excelente alternativa para a construção do capital econômico, natural e social, gerando benefícios para toda a sociedade.

A economia circular é a ciência que se preocupa com o desenvolvimento sustentável aumentando a eficiência na criação de produtos e o reaproveitamento de resíduos, por meio da redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia, substituindo o conceito de fim de vida da economia linear e sendo apontado por economistas no mundo todo como a melhor alternativa em um cenário onde o modelo econômico ‘extrair, transformar e descartar’ está atingindo seus limites físicos.

Apoiado por uma transição para fontes de energia renováveis, o modelo circular constrói o capital econômico, natural e social com base em três princípios – eliminação de resíduos e poluição, manutenção de produtos e materiais em ciclos de uso e regeneração de sistemas naturais, buscando redefinir a noção de crescimento e propondo uma mudança na forma de consumo, do design de produtos até a relação de empresas e sociedade com matérias-primas e resíduos.

O modelo que representa a síntese de diversos conceitos criados nas últimas décadas, como design regenerativo, economia de performance, ecologia industrial, biomimética, blue economy e biologia sintética, pode ser uma solução eficaz para minimizar o impacto humano no meio ambiente ao propor que resíduos sejam transformados em insumos para a produção de novos produtos, dentro do conceito “cradle to cradle” (do berço ao berço), onde cada elemento dá origem a um novo ciclo.

Economia Circular é um conceito estratégico que assenta na redução

O nosso sistema produtivo atual funciona de forma linear, o que não é sustentável devido ao grande acúmulo de resíduos e exploração excessiva de recursos, ou seja, exploramos a matéria-prima, produzimos bens e depois descartamos tudo, gerando uma grande quantidade de resíduos que não são reutilizados. Para se ter uma ideia, somente no Brasil, segundo levantamento do IBGE, são produzidas diariamente 183 mil toneladas de lixo.

A economia circular repensa as práticas econômicas integrando o modelo sustentável com o ritmo tecnológico e comercial do mundo moderno, ou seja, ao transportarmos esse conceito para a indústria de produtos, a cadeia produtiva seria repensada para que peças de eletrodomésticos usados, por exemplo, pudessem ser reprocessados e reintegrados à produção como componentes ou materiais para fabricação de outros eletrônicos.

No Brasil, assim como em diversos outros países, já estão sendo utilizados conceitos da economia circular. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), implantada em 2010, por exemplo, tem como objetivo garantir a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, a operação reversa e o acordo setorial. Assim, todos os agentes do ciclo produtivo, consumidores e serviços públicos devem minimizar o volume de resíduos sólidos e adotar práticas que assegurem que os produtos sejam reintegrados ao ciclo produtivo.

Além disso, medidas como rotulagem ecológica de produtos, difusão de informações sobre questões ambientais na mídia, cursos e palestras oferecidas por instituições de ensino são importantes para familiarizar a sociedade com a economia circular.

Veja também – A importância do Planejamento tributário para a sua empresa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *